Colheita de sementes ancestrais

Luz da Terra faz a primeira colheita de 2022

As sementes ancestrais plantadas no início da primavera de 2021 já cresceram e deram seus frutos! Chegou a hora de colher os legumes e cereais cultivados na sede da ONG Paz Sem Fronteiras em Mairinque (SP).

O tempo chuvoso consagrou a atividade. Com alegria, nossos voluntários dedicaram o final de semana dos dias 8 e 9 de janeiro à colheita de 10 quilos de abóboras, 20 quilos de milho, 6 quilos de tomates-cereja, 15 girassóis e 200 gramas favas variadas.

“Fomos abençoados com uma colheita bastante farta. Ainda temos 2/3 do plantio para colher, o que será feito no próximo final de semana”, comemora Gisele Trizzine, uma das idealizadoras do projeto.

O grupo Luz da Terra, núcleo da ONG Paz sem Fronteiras, dedica-se ao plantio e multiplicação de sementes ancestrais desde março de 2020. Ao longo dos últimos anos, sempre atuando coletivamente em diversas ações de preservação do meio ambiente, esses voluntários estão vendo sua lavoura se expandir e gerar cada vez mais frutos.

A voluntária Gisele Trizzine exibe alguns dos frutos da primeira colheita do ano.

“Na semana que vem também vamos replantar diversas variedades de feijões, visando aumentar o banco de sementes de algumas variedades raras”, adianta Gisele. Todos os voluntários da ONG Paz Sem Fronteiras estão convidados para compartilhar desse momento de conexão com a terra e celebrar o resultado de meses de cuidado com o plantio!

One thought on “Luz da Terra faz a primeira colheita de 2022

  1. Parabéns, estamos juntos, fotos pura arte… Institutoanimasc no Face e Instagran, temos muita semente e mudas, bracao

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *